domingo, fevereiro 28, 2010

Só mesmo tu...


















Eu lá tenho esse encanto todo com que me julgas. Se encanto tenho, é revelado por ver o teu.
Sou aquilo que me vês, por me sentir melhor com tudo aquilo que tu és.
Estou ansioso por ter o teu corpo junto a mim. Esse pedaço de ser requintado perto de mim, a despertar arrepios de loucura.
Quero apertar-te contra mim num abraço apertado. Sentir-te pendurada no meu pescoço, cheia de vontade de mim. Sentir o teu cheiro suave. O sabor afrodisíaco que a tua pele carrega. Coisa mais viciante.
Deixa-me morder-te o pescoço, daquele jeito que tu adoras. Deixar marcados os dentes, numa recordação de êxtase nostálgico para os teus olhos
Deixa sentir-te o prazer provocado por mim. As minhas mãos a invadir o teu corpo.
Incrivel a maneira como despoletas tudo isto em mim. E Como todo o resto do mundo se sente alheio a isso.
Provocas em mim um intenso desejo louco de te querer mais e mais. E sabes que me excita olhar-te esse corpo vestido de nudez pura, cheio de sensualidade charmosa.
Prazer voa ao ver teus olhos fecharem-se do teu corpo tanto me sentir. Unhas tuas cravam-se nas minhas costas, e eu perco-me cada vez mais em tudo aquilo que é tu e me fascina.
Pões-me louco!
Demasiado cheio de vontade de ti,
Quero devorar-te completamente, ate ao maximo do que se pode sentir.
Porque não tenho culpa que atires tanta loucura sobre o meu mim.

(Tenho saudades tuas…)

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial