sexta-feira, setembro 08, 2006

A paciencia...

Crava essas unhas no meu corpo e não me largues mais...
Quero qualquer marca tua no meu ser,
que me faça lembrar daquele momento de satizfação e prazer inesquecivel e sem limite que só tu conseguiste dar-me...
Pode ser uma dentada ou um arranhão bem fundo ao correr das costas.
Puseste em mim a loucura que ainda hoje lembro e sinto, e que o tempo não se atreveu a apagar da minha ténue memória...aquela perdição que espero repetir...o prazer que me levou ao mais alto dos céus...ao mais alto de todos eles...
O mundo flutua a meus pés e so tu me prendes ao chao...
Arde-me pelo corpo aqueles teus labios percorrendo-me o corpo com a língua, excitando-me até à ponta dos cabelos...arrepiando-me a nuca...
Da-me teu corpo limpo de qualquer roupa ou qualquer outro trapo porque preciso dele...do mesmo jeito que preciso da minhas mãos percorrendo-o, sem sequer se atreverem a descolar de cada canto ou re-canto da tua beleza sensata...
Beija-me, abraça-me, possui-me...faz-me tremer de tanto te sentir, como so tu o fizeste em mim até hoje...
Preciso, quero, desejo e desespero por tudo isso...
Podes fugir (mas sei que não o farás), podes acalmar-te, não pensar nisso ou apenas não ter oportinidade...
Mas eu estarei sempre por aí...fazendo-te lembrar de tudo o que ja passamos, deixando-te com um nervoso miudinho la dentro, de vontade de repetir tudo o que ja fizeste comigo...


Que saudades de tudo isso...

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial